Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

MOSTEIRO DE SALZEDAS DÁ A CONHECER 'PATRIMÓNIO A NORTE'

16 1 980 2500
01 de Outubro de 2022

No Mosteiro de Santa Maria de Salzedas, destino da segunda etapa da iniciativa “Património a Norte”, organizado pela Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN, em parceria com o Municipio de Tarouca, viveu-se hoje uma tarde cultural de valorização do património.

“Património a Norte” é um projeto diferenciador de afirmação cultural, do qual constam concertos, visitas e ações de gastronomia, tendo como grande objetivo a aproximação da população residente e a captação de novos públicos turístico-culturais.

Na ocasião, o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Tarouca, José Damião Melo, agradeceu à Diretora Regional da Cultura do Norte a escolha de Salzedas para a realização deste evento, referindo que “a criação de experiências diferenciadoras constitui sem sombra de dúvida uma aposta ganha ao nível da projeção do nosso património edificado”.

A experiência gastronómica esteve a cargo do Chef Renato Cunha que cozinhou no pote os tradicionais milhos e rojões, que puderam posteriormente ser degustados com espumante Murganheira, produzido no concelho de Tarouca.
Pedro de Castro Trio garantiu a animação musical, num concerto intimista no envolvente cenário da sacristia do Mosteiro de Santa Maria de Salzedas.

O evento contou com a presença da Diretora Regional da Cultura do Norte, Laura Castro, que apresentou as ações do projeto, da Diretora do Museu de Lamego, Alexandra Falcão, do historiador Nuno Resende, visitantes e população local.

Mosteiro masculino da Ordem de Cister, o Mosteiro de Salzedas iniciou a sua construção em 1168. O anfitrião do “Património a Norte” em Tarouca foi classificado Monumento Nacional em 1997, abriu ao público em 2011, e é hoje um dos mais visitados mosteiros da Região do Douro e Varosa. Para além do núcleo museológico, que pode visitar diariamente, acolhe actualmente a exposição “Fragmentos. Expressões da Arte Religiosa do Mosteiro de Santa Maria de Salzedas”.

O projeto «Arte e Cultura em Circulação… pelo Património» | NORTE-04-2114-FEDER-000607 é promovido pela Direção Regional de Cultura do Norte, em parceria com os municípios locais, representando um investimento aproximado de 300 mil Euros, cofinanciado pelo Programa Norte 2020, através do FEDER.

Para saber mais, consulte o website https://culturanorte.gov.pt/, https://patrimonioanorte.pt/ e redes sociais.