Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

APELO NOSSOS EMIGRANTES E MIGRANTES

1 1 980 2500
18 Mar 2020

Vivemos tempos de angústia e ansiedade, tempos de incertezas e receio do impacto desta pandemia e, acima de tudo, das consequências que os efeitos da mesma possam provocar no seio das nossas famílias.

É tempo de união e concertação de esforços para conter o covid-19, e por isso o afastamento é agora a maior prova de amor que podemos dar àqueles que nos são queridos.
Nesta altura é habitual rumarem à vossa terra para usufruírem do merecido descanso junto das vossas famílias, se ponderarem vir, fica o apelo para que permaneçam nas vossas casas.

Esta não é a altura de visitar os vossos entes queridos, de rever os vossos familiares, de partilhar abraços apertados, de ir conviver com os amigos para o café ou passear pelos espaços públicos.

Lidamos com um inimigo invisível, implacável para com aqueles que de alguma forma têm o seu sistema imunitário debilitado. Lidamos com um inimigo dos afetos, dos abraços, da proximidade e da partilha, e por isso, os vossos pais, os vossos avós, necessitam mais do que nunca da vossa atuação responsável. Todos temos o dever de os proteger!

Separados pelo bem de todos, unidos pelos nossos!

 

O Presidente da Câmara Municipal,

Valdemar Pereira

 

O Vereador da Proteção Civil,

José Damião Melo