Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos

Tarouca avança com combate biológico para tentar travar o avanço da vespa da galha do castanheiro

Pragascastanheirodgav 1 980 2500
09 Mai 2018

Formada a Comissão de Acompanhamento, Prevenção e Combate à Vespa das Galhas do Castanheiro, de imediato se desenvolveu uma estratégia com o objetivo de travar o avanço desta praga.

Neste propósito, a Câmara Municipal de Tarouca, depois de ouvidos os técnicos da RefCast e da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte, decidiu investir na única forma de combate à vespa-da-galha-do Castanheiro, a luta biológica, tentando assim minimizar as espectáveis quebras de produção.

Num apoio direto aos produtores de castanha do Concelho de Tarouca, foram já realizadas no dia 9 de maio as primeiras largadas do parasitoide torymus sinensis.

O Município de Tarouca realizará mais largadas durante a próxima semana, sendo a sua data definida com maior precisão de acordo com o estado fenológico em que se encontra o castanheiro.

A Comissão Local esteve hoje no terreno e é constituída pelo Vice-Presidente da CMT, José Damião; pelo Presidente da União Freguesias de Granja Nova e Vila Chã da Beira, Victor Ferreira; pelo Técnico Agrícola, Eng. André Gouveia; pelos Técnicos da DRAPn, Eng. Joaquim Alves e Eng. Manuel Sengo, pela representante da RibaFlor, Sandra Dinis, e pelas técnicas da Câmara Municipal de Tarouca, Ângela Cerdeira e Sandra Carvalho.